-->

Teorias - Meu Vizinho Totoro

|| ||
Olá meus fofinhos, tudo bem com vocês? Ontem eu não postei pois era aniversário da minha mãe e eu queria ficar com ela... Enfim, me desculpem a ilustração, mas eu quero usar desse tipo agora e eu gosto muito da Momsen, então vou deixar ela assim mesmo u-u Talvez hoje, um amigo meu irá vir me visitar e hoje meu pai vai tocar com a banda dele num bar e eu vou *u* amanhã ele também vai, eu to muito feliz e estou louca por ir... Bom, hoje eu vim com um novo tópico, esse tópico é para esclarecer algumas teorias ou até mesmo mostrar algumas mensagens subliminares, eu acho bem interessante isso, pois você sabe mais e da ideias para criar histórias -q Enfim, vamos conferir? Hoje é do Meu vizinho Totoro :3

Para quem não sabe, esse é um desenho japonês antigo, ele guarda muitos segredos, eu nunca o assisti, mas vi várias teorias e mensagens interessantes e acho que até mesmo vocês vão se interessar, o post será meio grandinho, mas leiam, pois ele é MUITO interessante.




Bem, tem gente que diz que Meu Vizinho Totoro tem sua história baseada em um caso de assassinato que ocorreu no Japão em Maio de 1963, se você é brasileiro, e assiste jornal, não vai se surpreender com o caso, mas para entender a análise, temos que ler sobre: No dia primeiro de Maio, Yoshike Nakata, de 16 anos, acabou se perdendo no caminho de volta da escola, e no dia seguinte, um bilhete de resgate fora deixado com a sua família, exigindo uma quantia em dinheiro um tanto que modesta no dia seguinte ao meio-dia, em um local próximo da casa deles. Sua irmã, (que cometeu suicídio semanas depois) levou o dinheiro, mas junto com ela, a policia, e o raptor, como não era nenhum idiota, deu meia-volta deixando o dinheiro de lado. 
 Na manhã do dia 4, o corpo fora encontrado próximo da fazenda em um beco. A polícia determinou que foi estupro e depois assassinado. Não encontrei informações de como o corpo foi assassinado, a unica fonte que eu consegui, dizia que foi algo feio. Enfim, dois dias depois, um homem da vizinhança se matou antes do casamento dele, e a polícia confirmou de ele possuía o mesmo tipo sanguíneo do assassino. E a mídia, claro, culpava a policia que não hesitou em tomar uma atitude (essa parte não interfere ali no Totoro, mas não vou dar a história pela metade).

A policia seguiu a comunidade de Buraku, e capturou o rapaz de 24 anos, Kazuo Ishikawa, o qual negou qualquer acusação até o dia 20 de Junho, onde a policia o forçou a confessar o assassinato da garota. Basicamente o juri aceitou, e ele foi sentenciado a prisão perpétua, mas graças aos advogados, saiu em 1994, e em 2002 deu sua ultima palavra “I want the label of murderer, which is bearing so heavily on me, removed” 

Bem, agora com a explicação do caso, vamos aos pontos do qual eu encontrei por aí, e essa fonte, disse que ouviu de um rapaz que trabalhava em um restaurante, ao lado do hospital onde ele trabalhou, pelo rapaz do restaurante ser um nativo oriental, conhecia muito mais das tradições.
➜ Mei, vem da mesma pronuncia “May”, maio do inglês. Assim como Satsuki é uma outra forma de dizer maio, mês onde tudo se passou. 
➜ No começo do filme, quando Mei e Satsuki estão abrindo as janelas da nova casa, elas encontram umas bolinhas pretas fofinhas, chamadas “susuwatari” (煤渡り), dizem que ver essas bolinhas, e claro, o Totoro é um sinal de que a morte se aproxima.
➜ A vovó, uma senhora que morava na vizinhança e os ajuda com a mudança, diz que somente as crianças são capazes de ver os susuwatari, e que ela mesma via quando era mais nova, mas durante a história, não foi comentado nada de alguém da família dela morrer quando ela tinha aquela idade. De qualquer forma, Kanta o neto dela e da idade de Satsuki não era capaz de ver nada. 
 ➜ De acordo com o rapaz do restaurante, a irmã mais velha foi quem encontrou o corpo no beco (lá no caso Suyama) e que a menina, ainda não estava puramente morta, quando se aproximou da garota ao chão, ela disse “Eu vi um Tanuki (guaxinim) e também um gato monstro”. Alguns dizem que isso é real, outros que a irmã mais velha estava em choque e pirou com isso, e outros acham que é só um enfeite para fazer do caso uma história de terror. MUAHUAHUA (NT da Káah: Esse momento de loucura não foi meu, juro). Bem, Totoro tinha cores de guaxinim, e o ônibus, era um gato monstro… 
 ➜ O filme não diz bem a localização de onde se passa a história e sim, de que trata-se de uma área rural, onde o hospital mais próximo é a 3 km andando (onde a mãe das meninas está repousando), mas em uma das cenas, existe uma coincidência bem macabra: Na caixa, está escrito “狭山茶” ou seja “Chá de Sayama”. Qual é mesmo o nome do caso? 
➜ Atentos ao nome do hospital no desenho: 七国病院 “shichikoku byouin”. Sayama também tem um hospital, e seu nome: 八国病院 “hachikoku byouin”.
➜ O gato-bus, no filme havia um ônibus-gato, que vinha buscar o Totoro, e quando Mei desaparece, Satsuki conta com a ajuda do gato, para lhe dar uma carona. Segundo o rapaz do restaurante, o nekobus, é o que leva as pessoas para o chamado “céu, inferno, ou que seja” e no filme, quando ele vem buscar Satsuki, ele vem com a inscrição 墓道, o primeiro kanji significa “túmulo” e o segundo “estrada”. Quando Satsuki entra, ele muda a placa para “Mei”. 
➜ A primeira a encontrar Totoro foi Mei, e Totoro aparece das outras vezes para Satsuki, quando ela está acompanhada de Mei, a unica vez que ele aparece só para ela, é quando ela vai a sua procura graças ao sumiço de Mei e por onde ela passa, as susuwatari estão próximas do pé dela, alguns dizem que foi quando Satsuki decide se unir a Mei, na tradução, o suicídio da irmã do caso. [?] 
➜ Mais um ponto a ser lembrado: o poster do filme (vide inicio da matéria) no poster, aparece Mei, com as roupas da Satsuki ao lado do Totoro, na cena do filme, Mei está dormindo nos ombros de Satsuki. Então por que ambas não estão no poster? 
➜ No desenho, a mãe das meninas estava no hospital, iria passar o fim de semana com elas, mas um imprevisto surgiu, uma gripe, e ela não pôde sair, Mei que colheu um milho para ela, ficou chateada e decidiu ir levar ao hospital sozinha, como resultado, se perde. Na cena em que ela está perdida, ela encontra-se sentada em frente a seis estátuas, ou seja 地蔵 Estátuas Jizou, de acordo com o budismo japonês, aquelas seis estátuas representam seis pessoas mortas, e de acordo com a família do incidente Suyama, 4 irmãos morreram (sendo dois, as meninas do caso), somado com a mãe, e mais um vizinho próximo que se envolveu com a história. 
➜ Quando as meninas estão no nekobus, que decidiu dar uma carona a elas no hospital para levarem o tal milho a mãe, o ônibus toca uma melodia, cuja uma das frases nada mais é que 乗ったお客は陽気なおばけ” notta okyaku wa youki na obake, na tradução ”aqueles convidados que andam aqui são alegres fantasmas”. 
➜ Por fim, o final do filme: A mãe está no hospital com o marido (que não sabia do sumiço da mais nova, mas que de qualquer forma, deixava as crianças livres demais em uma área muito grande), e ambos conversavam normalmente, quando o milho aparece na janela. A mulher comenta que ouviu “as risadas das filhas” vindas do pinheiro, onde elas estavam com o Nekobus, e o pai pega o milho e nota que está escrito na casca “para mamãe”. Mas ninguém acha estranho, as meninas e o milho surgirem do nada quando moram há 3 km de distância. Em outros momentos do filme, o pai também se mostra imparcial, como se nada estivesse acontecendo, ou como se elas não existissem. 
➜ O filme acaba por aí, mas conforme toca a musica dos créditos, aparecem cenas da vida deles, quando a mãe volta do hospital, os 4 felizes e alegres, mas se você ignorar os créditos, e se focar somente no final, realmente parece que elas já estão mortas, e diga-se de passagem, Mei está tantas vezes sozinha, que fica difícil até saber se ela foi “morta” na história do milho, ou antes, porque brechas para um assassino pedófilo sequestrar uma menina, não faltaram. 
➜ O hospital onde o filme se passa e também sua conexão com o hospital original, ambos tratavam de tuberculose na década de 50/60, onde muitas pessoas morreram por causa da doença, isso explica o porque da mãe “ouvir as meninas”, ela mesma estava perto da morte. 
➜ Claro que o estúdio (Studio Ghibli) negou qualquer conexão, independente de verdade ou mentira, não pegaria bem para a venda de um filme para crianças. Bem, existe uma sequência desse filme, uma mini-história de 13 minutos, a qual foi passada somente uma vez em um museu da America e nunca mais foi citado, pelas imagens, e também pela imaginação de cada um dá para fantasiar com o mundo dos mortos, essa parte não vou citar, pois não vi essa sequencia, mas tirem suas conclusões por si só.


Espero terem gostado, mais para frente trarei mais :3
Beijinhos.

10 comentários:

  1. Yoo \o não comento aqui à algum tempinho auhsuahs' xD mas como era um post de Totoro me chamou à atenção :3
    Oh
    Mai
    Godi
    Naum pod sê
    /chocada
    /morri
    Cara, que medo ; o ;
    Talvez eu vá rever Totoro para comparar '-'
    Mas tem aí coisas que me lembro mais ou menos. Cara, é super difícil isso ser coincidência, talvez algumas coisas, mas realmente deve ser verdade...
    Kissus > u <

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, fazia um tempinho KKKKKKKKKK'
      Eu vi algumas partes e é mesmo, mas o Totoro é fofo KASKASKASSAKSAK

      Excluir
  2. Estou bem, obrigada por perguntar *u* Pedir desculpa pra quê moça? Essa ilustração tá a coisa mais linda, Momsen divando como sempre hahaha, eu já tinha ouvido falar sobre esse desenho mas também nunca assisti, na verdade tinha até esquecido, e agora você me lembrou dele hihi vou assistir com certeza ♥

    - Crystallizing ★~(◠‿◕✿) Kissus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aw fico feliz que gostou dela *u* Acho a Momsen diva <3
      Nem eu vi KASKASKASASK mas achei interessante..

      Excluir
  3. Oi querida,tudo okay?
    Gosto desse tipo de postagem,
    mesmo que na maioria das vezes eu fique impressionada rsrs'
    Enfim,achei bom saber,porque às vezes não ligamos para os detalhes e eles querem dizer muito.Fiquei chocada com o hospital :o :o
    O lay está divo, 'u'
    Beijuuus
    northern-drops.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aw fico feliz que gostou do post, eu também achei interessante quando li, obrigada :3

      Excluir
  4. Olá, gostei muito do seu blog! Quer se afiliar?

    ResponderExcluir
  5. oie estou conhecendo agora o blog e adorei muito, parabéns pelo conteúdo e pelo lay que está muito lindo, já estou seguindo e quando puder vou passar para conferir as postagens,beijos e fica com deus..

    http://apenassonhosdreams.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. desculpe mas o gadget de seguidores não esta servindo :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Mas eu testei e ta funcionando sim..

      Excluir

[ATENÇÃO]
Aceitamos afiliações
Não fazemos layouts free por encomenda
Não aceitamos "seguindo, segue de volta?"
Não xingue ninguém aqui.